aula

Aprendi errado
tomei por certo a primeira lição
do meu primeiro diálogo.
perturbei o sono para delirar acordado
me distinguindo dos que sabem o que fazer.
se eu acabasse não seria à toa.
se eu não ligasse
disputaria o jogo sem fazer questão
questionei, e acendi do sonho pra queimar aqui fora
onde eu só via à espreita, desconfiado
preferindo dormir.
vim ser agora um outro mundo
com todos os dias e noites
e todas as estações,
sem genialidade nem riquezas.

(que não espere, estou afinal pronto a desconfundir)

Ele passa por bem perto e não entra
sem perceber que está só encostada
e fica aos arredores de um sentimento
que por descuido a gente cresce sem,
com uma malformação grave do coração
e enquanto a gente não coincide
e só inquieta, continua às voltas
por onde eles estragam o corpo
e recheiam a alma
deixando escorrer sem estancar
e quando o medo de ter morrido passa
por um olhar, com um momento
eu não digo nada para não parar de rir
anormal, porém eufórico.

07/2008

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: